Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Arquivo NippoBrasil: Zashi - Destaques

Destaques: NippoBrasil
    

Arte em Letras
Matéria publicada no Zashi edição 3 - Novembro de 2007

Contos Japoneses Contemporâneos

Gênero da literatura do arquipélago conta com expoentes conhecidos dentro e fora do país

(Por Meiko Shimon* - Ilustração: Claudio Seto)

Independentemente da definição na teoria literária, usaremos o termo “conto” no sentido de “narrativa de pouca extensão”. Também é necessário esclarecer que, na literatura japonesa, o período chamado de “contemporâneo” começa com o fim da Segunda Guerra.

Depois de Ryunosuke Akutagawa (1892-1927), autor de Rashomon (1915) e Dentro do bosque (1922), adaptados por Akira Kurosawa para o filme Rashomon, o nome mais importante seria Yasunari Kawabata (1899-1972), que criou um gênero de contos breves chamados de Contos da Palma da Mão.

Começou a escrevê-los nos anos 20, somando ao todo cerca de 150 contos, que, no seu conjunto, comprovam a amplitude e a riqueza da visão de vida e arte de Kawabata. As criações da época de sua juventude, quando fora líder ativo do movimento modernista japonês, foram escritas sob forte influência de técnicas modernistas européias. E, na sua fase mais amadurecida, expressava reflexões profundas sobre a razão de existência dos homens nesta vida e a morte como uma extensão de vida.

Já os contos de Kenzaburo Oe (1935- ), escritos na segunda metade dos 50, eram vozes da juventude da sua geração, cansada de esforços inúteis e sem perspectiva para o futuro. Com o decorrer dos anos, refletindo a maturidade adquirida pela vivência do próprio autor, seus temas passam a abordar as questões humanitárias de uma forma mais abrangente.

O autor mais representativo da nova geração, sem dúvida, é Haruki Murakami (1949- ). Tem vasta produção de contos, inclusive os short-short, versando sobre temas também abrangentes. Os personagens e os cenários de Haruki não se limitam ao Japão e aos japoneses. Apesar disso, sua visão de mundo e sua sensibilidade narrativa não deixam dúvida de que se trata de um escritor japonês. Suas obras, contos ou romances, têm grande aceitação dentro e fora do Japão, tanto no Oriente quanto no Ocidente, como convém ao escritor do século XXI.


*Meiko Shimon é professora especialista em Língua e Literatura Japonesa da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), além de tradutora de livros japoneses para o mercado brasileiro. É especializada na obra de Yasunari Kawabata.

© Copyright 1992 - 2015 - Portal NippoBrasil

Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br


18 usuários online


Redação: editor@nippo.com.br

Diretoria: diretoria@nippo.com.br

Vendas: anuncie@nippo.com.br

Tel: (11) 9 5371 4019 (TIM)