Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Arquivo NippoBrasil: Zashi - Destaques

Destaques: NippoBrasil
    

SEMPRE ZEN
Matéria publicada no Zashi edição 10 - Junho de 2008

As portas e as janelas da mente

(Por Venerável Mestre Hsing Yun*)

As portas e as janelas da mente devem, em algumas ocasiões, ser abertas; em outras, fechadas – assim como as portas e as janelas de uma casa. Sempre que houver ladrões rondando ou poluição no ar, devemos mantê-las bem fechadas. Por outro lado, se as portas dos escritórios, lojas ou casas não estiverem abertas enquanto estivermos trabalhando, quando sairmos para fazer compras ou quando recebermos visitas de amigos, como seria possível a comunicação na sociedade e na família?

Ocasiões

Algumas pessoas não sabem como proteger as portas de seus sentidos, permitindo que todos os tipos de ruídos destrutivos entrem pelas frestas. Entre esses ruídos, estão a linguagem imprópria e a intriga, que são como germes invadindo nosso domínio e ameaçando a paz e a harmonia de toda a família. São também como uma rajada de areia durante a tempestade, ou como ar fétido sendo bafejado para dentro da casa, por meio de portas e janelas abertas, corrompendo a atmosfera e criando péssimas condições de vida. O abrir ou o fechar dessas janelas e portas é crucial.

Em compensação, sempre que não houver motivos para fechar as janelas e as portas de nossas casas, deveríamos deixá-las abertas. Sempre que houver uma ocasião feliz para celebrar, deveríamos escancarar nossas portas e contar a todos os amigos e familiares. Sempre que uma festa for realizada em casa, janelas e portas devem permanecer abertas, como forma de dar boas-vindas aos convidados.

Abrigo seguro

Assim como as portas e as janelas de nossas casas são nossos canais de comunicação com o mundo exterior, as de nossas mentes são a chave para o intercâmbio entre nosso universo interior e o exterior. Mesmo que as portas e as janelas de nossas casas estejam trancadas, as de nossas mentes nos permitem viajar pelo mundo.

Ainda que, às vezes, por razões de segurança, tenhamos de manter nossas portas e janelas fechadas, é preciso que estejamos atentos às suas funções. Quando precisarem ser fechadas, devemos fazê-lo de forma a criar um abrigo seguro para nós e nossas famílias. Não devemos temer o vento e a chuva lá fora nem os olhos curiosos dos ladrões – quando temos portas e janelas, estamos protegidos dessas ameaças. Infelizmente, existem pessoas que trancam as portas e as janelas de suas mentes, impedindo que bons atos e boas pessoas entrem. E, o que é pior, tampouco a verdade e o pensamento correto conseguem entrar e a retidão e a amizade ficam do lado de fora. Esse tipo de portas e janelas torna-se obstáculo para a mente, ao invés de canal, que é o que deveria ser.

Devemos, portanto, abrir as portas e as janelas de nossa mente para que “preceitos, concentração e sabedoria” possam entrar e “ganância, raiva e ilusão” possam sair. É assim que deve ser!

 
Pensamentos

A ignorância é a causa da mais profunda escuridão.
A raiva é a causa do pior ressentimento.
A inveja é a causa do maior obstáculo.”

“O comprometimento desperta a força.
As ações dignas levam ao progresso.”


* É o 48º patriarca do budismo chinês da escola
Ch’an. Fundador do Monastério Fo Guang Shan,
em Taiwan, e do Templo Zu Lai, em Cotia (SP),
cujas raízes são do Budismo Mahayana, que enfatiza a aproximação
da natureza búdica ao alcance de todos.

© Copyright 1992 - 2015 - Portal NippoBrasil

Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br


9 usuários online


Redação: editor@nippo.com.br

Diretoria: diretoria@nippo.com.br

Vendas: anuncie@nippo.com.br

Tel: (11) 9 5371 4019 (TIM)